segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Carretos para Embarcada


Hoje resolvi falar um pouco de material.
Mais concretamente de carretos para o tipo de pesca que faço, pesca embarcada.
Não vou tecer comentários de comparações a marcas, preços e qualidade, pois não tenho conhecimentos para tal.
Apenas vou dar uma opinião pessoal face às minhas experiências e compras de à dois anos para cá, bem como, algumas referencias que tive de pescadores mais experientes que eu neste tipo de pesca.
Sei que é matéria que dá panos para mangas. Mas também pode fazer com que se poupe uns euros ao fim de algum tempo.
E digo isto porque, em dois anos de pesca embarcada, vi que o material que sofre mais desgaste, é de facto o carreto.
Iniciei a pesca embarcada com um carreto de Surf-Casting, adquirido em 2008.
Era este, o Trabucco Xanthos DL Long Cast.


Recentemente rachou uma peça de plástico que suporta os veios internos do carreto, isto a enrolar em casa monofilamento para uma das bobines.
Eu até sou pessoa de lubrificar bem os carretos e limpar sempre o material após cada pescaria.
Dá trabalho, eu sei, mas aumenta certamente a longevidade e durabilidade do material.
O acima referido, está a arranjar, a ver vamos se ainda têm salvação.
Antes desta avaria, já tinha tido outra, em outro carreto que comprei para a pesca embarcada em 2009, mais um na casa dos 80 euros.
Foi este, o Trabucco Auris.


Este foi um problema numa anilha dentada na manivela, já está pedida à mais de um mês e até agora nada.
Resultado, em menos de dois meses, duas avarias e carreto para pescar nada.
A ultima pescaria foi feita com este, o meu carreto de spinning, o Tica GT 4000.


É um erro pescar com carretos que não são apropriados para o tipo de pesca que fazemos, sofrem um desgaste maior, porque não foram vocacionados para esse tipo de pesca.
Depois, mais cedo ou mais tarde, acabam por ceder.
Foi o que me aconteceu. Como diz o velho ditado, cada macaco no seu galho.
Senão vejamos, numa saída de embarcada com um profundidade a rondar os 50 metros, quantas vezes levantamos chumbada e ou peixe acima.
Certamente perto de 50/100, isto em uma jornada em que a pesca esteja minimamente activa.
Feitas as contas, estamos constantemente a subir e baixar iscadas e o uso do carreto é constante, bem como o seu desgaste.
Agora multiplicando estes números por algumas saídas por mês, já é alguma fruta.
Como me têm dito, o conjunto é que trabalha o peixe, a cana, o carreto e o pescador.
Também concordo com tal afirmação, mas com o tempo de pesca vamos sentido as folgas, os desgastes e alguns peixes perdidos, que dá sempre para pensar se não foi disto ou daquilo.
No meu caso até pode ser pura azelhice, pois o meu tempo de pesca embarcada é muito pouco, cerca de dois anos e meio. 
No entanto, em minha opinião, o carreto é uma das peças principais da pesca embarcada, é o elemento que trabalha mais. Isto, tirando nós próprios, que trabalhamos sempre mais que ele.
Assim, deveremos dar preferência aos carretos de ligas metálicas em detrimento das ligas plásticas. 
Por esses motivos, resolvi adquirir um carreto que até agora, só tenho ouvido falar bem.
O Quantum Cabo pts 60.
Podem ver mais informação aqui

 
Como já referi, não vou falar de preços, apenas disse o preço dos anteriores, para terem uma noção de quanto gastei no total, num espaço de dois anos.
Muitos podem dizer que não foi muito, mas certamente ninguém gosta de ser enganado e deitar dinheiro à rua.
Quando desconhecemos o material, a maioria dos pescadores que se dirige a uma loja para comprar material, confia na opinião do lojista, foi o meu caso.
O Trabucco Auris, ainda estava na garantia, mas a loja onde o adquiri já fechou.
Alem disso, não tinha factura, pelo que nada poderia fazer junto do representante.
É  isto que sinto, que o pós-venda de algumas marcas em algumas lojas é muito mau, determinadas gamas de  material ficam obsoletas em pouco tempo e depois é uma chatice arranjar peças ou material semelhante.
Isto é a minha opinião, pelo que tenho visto em algumas lojas, quer com material para canas, quer para carretos. Em especial nas gamas mais baixas.
Aconteceu comigo, com pessoal amigo, ou outros pescadores que tenho visto nas lojas a reclamar este tipo de situações.
O barato sai caro, por esse motivo é que acho que deveremos gastar um pouco mais e adquirir algo acima do razoável, para futuramente não termos surpresas desagradáveis.
Tudo isto, como é óbvio, depende da frequência com que praticamos cada tipo de pesca.

Assim, vou mostrar aqui alguns dos modelos que me fizeram referencia. Sendo que, poderemos dizer que se trata de carretos de gama média.
Estas opiniões, foram obtidas recentemente, através de vários fóruns de pesca e de pescadores mais experientes neste tipo de pesca.

Da Shimano

O Ultegra XSB

  O Ultegra CI4 XSA


O Saragosa 8000f


Da Tica.

O Dolphin Se e SF o qual já está descontinuado no site do fabricante.



O Taurus TP-S

Da Penn

O Spinfisher SS Metal



O Slammer


Da Daiwa

O Black Gold


Da Ryobi

O Ryobi Safari Metaroyal 5000


Da Kumyang

O Kumyang CD 950


Da Banax

O Banax GT 5000 W


Da NBS


O NBS Stallion 70 PF

3 comentários:

Anónimo disse...

camarada de pescarias.tou a iniciar a pesca embarcada.ja adquiri 1a cana mais ou menos 1a tica goraz e ando a procura dum carreto para juntar.tava a pensar num banax ou num penn.mas pescarias

Rebolo disse...

Boas,
Pois de carretos para embarcada penso que por estes modelos aqui indicados são tudo maquinas razoaveis,Penn ou Banax, embora não conheça pessoalmente, penso que fica bem servido.
Isso agora quer é pratica nas pescarias com o material novo.
Abraço e boas pescas.

Paulo rui disse...

Camaradas pescadores tem ai alguns carretos bons sim mas o carreto não e tudo na pesca embarcada faço pesca de barco ha 30 anos e continuo a usar o primeiro carreto que comprei um Shakespeare 9000 os outros que uso com provas dadas e dentro do preços 100/ 180 euros uso um tica e um veja não aconselho para pesca embarcada carretos abaixo de 7000 sendo para mim os ideais os 9000 atenção ás canas também comprem canas rígidas que so trabalhem na ponta e fios meus amigos esqueçam tudo o que e fio normal e usem apenas fluor carbonos puros uma dica assus e flomax 117 anzois yabusa pretos ponta de carbono boas percarias rapaziada