domingo, 18 de setembro de 2011

As Ultimas Pescarias

Boas,
Finalmente volto aqui, após uma pausa nas pescarias, o tempo tem sido pouco e o outro tempo não tem ajudado em nada as saidas de barco.
Em grande parte pelo tempo sentido aos fins de semana, muito vento e más condiçoes para a pratica da pesca embarcada e tambem, um rolamento gripado, que acabou por rebentar no cubo da roda do atrelado, ficando assim quase 3 semanas até o conseguir arranjar.


Algo que fiz pela primeira vez, a troca de rolamentos do atrelado, mas com algumas dicas recebidas do amigo Mario B. e uma ajuda do Ricardo M. lá safei a situação.
Algo que deveria ter fotografado para por aqui, mas a constante massa de lubrificação nas mãos  não dá para fotografar nada, era preciso um a fotografar enquanto os outros 2 trabalham. Fica para a proxima.
Então no dia 15-08-2011 com o meu amigo João Fonseca, estreante nestas lides da pesca, lá fomos nós, mas foi um dia para esquecer, sondei bastante, não vi marcaçoes na sonda por onde passei  e o vento começou a levantar por volta do 12:00 levantando logo o ferro e vim para dentro, para o Sado, onde tentei a pesca às Douradas com a chumbadinha de correr e dois anzois ligados ao destroçedor com estralhos curto e comprido, mas só os alcorrazes lá iam picar, mas eram pequenos demais para ficar naqueles anzois 4/0.
Fica a aqui imagem do estreante na pesca e eu.




Nesse dia apanhou 3 safios, um deles devolvido e outro perdido ao chegar cá a cima, partiu a linha. eu apanhei um safio o qual só o João tem filmagem de resto nada a assinalar, não dei com eles em nenhum dos tres sitios onde fundeei.


Depois nova tentativa para ir a pesca, 27-08-2011, mas assim que cheguei la fora ao SolTtroia, o vento levantou tanto que dei meia volta e as 9:30, já estava de volta para o Rio Sado onde fiquei o resto da tarde a apanhar sol beber um tinto comer uma buchas e pescar alcorrazes com o Gonçalo e Alentini.

video

E depois o passado dia 10-09-2011
Finalmente um dia sem vento, muito bem aproveitado lá fora onde o mar permitiu boas condiçoes para pescar.
Muita sondagem, quase uma hora e só duas marcaçoes na sonda.
Não consegui ficar onde queria, larguei o ferro tarde demais e fiquei depois do ponto que marquei no gps aquando a passagem no local. por volta dos 47 metros de profundidade.
Sardinha para baixo e em menos de uma hora tava a pesqueiro feito, um safio, seguido de uma dourada e depois algumas especies que já não apanhava a algum tempo como a raia e o ruivo, os besugos foram sendo constantes ao longo do dia, muito roubo de iscas, foram gastos certamente mais de 8 kg de isco entre as cavalas que iam entrando, as sardinhas e 1 kg de lula.
Um dia bem passado com um video de resumo que vos deixo abaixo.



A menina Dourada, no dia seguinte foi ao forno para fazer as delicias do almoço.




2 comentários:

Ernesto Lima disse...

Viva Tiago!

Um belíssimo dia, uma pesca bonita e um fundo de se lhe tirar o chapéu, pois indicava, pelos peixes capturados, ser um limpo com entralhados frutuoso e que possivelmente não estaria longe de alguma pedra rija. Uma pena não ter entrado nada maior, mas certamente será um local a insistir no que respeita à época do ano e até no início ou um pouco antes da época de concentração de Douradas!

O video está muito bom! Os meus parabéns!

Abraço

Ernesto

Rebolo disse...

Boas Ernesto,
Foi sem duvida um belo dia, já a algum tempo que não apanhava o mar assim tão calmo.
O local tem sido nos últimos tempos aquele que tenho sondado mais, ali a frente do mar da manteiga, mais fora na casa dos 45/47 metros.
É um local a explorar, com tempo. Ainda não o conheço razoavelmente quanto mais bem :)
abraço e obrigado pelo comentário